quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Receita: muffin de banana sem leite e sem açúcar

Esses bolinhos de banana sem leite e sem açúcar são perfeitos para os bebês e crianças, e também para os adultos - para os crescidos pode servir com geleia ou Nutella que fica ótimo.


E tem duas opções: assar em forminhas de muffin, prático para um lanche, ou em forma de bolo inglês. Aí é só cortar as fatias e pode até congelar (para descongelar, coloco direto na torradeira).

Ingredientes
3 bananas nanicas
2 ovos
1 xíc. de farinha de trigo integral
1 xíc. de farinha trigo branca
1 xíc. de farelo de aveia
½ xícara de óleo vegetal
1 colher de chá de canela
1 colher chá de fermento em pó

Opcionais: maçã picadinha, uva passa, damasco picadinho, nozes...

Modo de preparo
Amasse as bananas e misture os ovos e o óleo. Aos poucos, vá colocando as farinhas e a aveia. Por último, misture o fermento. Leve para assar em forno médio em forminhas de muffin (rende cerca de 15) ou de bolo inglês.

Festa de criança: um menu PARA criança!

Pois é. Artur fez um ano. Voou... Nem sei explicar ou resumir como foi esse primeiro ano! Amor que dói, de tanto, e uma loucura caótica que causa um cansaço surreal - que se dissipa num sorriso, num abraço...

Resolvemos fazer festa para celebrar esse primeiro ano tão especial. Mas não queríamos uma festa convencional, em buffet, cheia de salgados frios, hot dog e outras coisas pouco (ou nada!) saudáveis. Mas também algumas coisas não podiam ficar de fora, como os doces.

Então, optamos por encomendar sanduíches de metro, fazer um bolo gostoso e doces clássicos. Mas... o Artur não come, nunca comeu e não comerá açúcar até 2 anos de idade. Pensando nele e nas outras crias pequenas da festa, criamos um Menu Kids.

MENU KIDS

1. Biscoito de polvilho
É uma opção leve e relativamente saudável. Os alérgicos a leite/lactose têm que ler a embalagem pois muitos biscoitos levam soro de leite na fórmula.

2. Biscoito de arroz integral (Camil)
Basicamente, é arroz integral cozido, prensado. É um biscoito bem básico, que levo sempre na mochila pro Artur caso a gente pegue trânsito, atrase uma refeição, enfim. Tem sal, então é pra consumir com parcimônia.

3. Biscoito de tapioca com chia
Biscoito sem leite, sem sal, sem açúcar. Artur adora!

*Nos tags eu marquei os ingredientes, para o caso de alguma criança ser alérgica a proteína do leite de vaca, por exemplo.



4. Frutas picadas
Fizemos potinhos com frutas picadinhas e optamos por opções que não ficam escuras depois de cortar: manga e melancia. Há pediatras que só liberam o kiwi e o morango após 1 ano, pois há risco de alergia, fique atento.

5. Muffins de banana
São muffins integrais, sem açúcar e sem leite. A receita está neste post aqui.
Assamos em forminhas de papel, para ficar fácil de colocar na mesa e de comer.

Outras ideias:
- Pão sírio com hummus (pasta de grão-de-bico)
- Pãozinho de mandioquinha
- Frutas in natura: banana ouro ou prata
- Milho em espiga ou grãos
- Mini cenoura (cozida ou crua)

Que mais?! 

Bebidas
NÃO teve refri. Não. E ponto. Oferecemos água, com e sem gás, sucos de laranja, tangerina e uva. Claro que seria o mundo perfeito ter oferecido suco natural, feito na hora, mas não tivemos ajuda e optamos pelas caixinhas mesmo. Águas aromatizadas também são uma ideia. Sinceramente, não sei se alguém se incomodou - mas festa de criança não tem porque ter bebidas super-ultra-calóricas sem valor nutricional, nem alcoólicos.

Mesa do bolo

Sim, teve bolo (amêndoas, brigadeiro e creme branco), brigadeiro, beijinho, docinho de abacaxi com coco e quadradinhos de chocolate branco com mousse de maracujá e também com geleia sem açúcar de mirtilo (blue berry). Os pais que liberam doces, liberam, uai. E não vejo problema algum em comer um ou dois doces, uma fatia de bolo. Mas deixamos muito clara a nossa opção (e temos embasamento do pediatra e da nutricionista) que para o Artur doces não estão liberados ainda. E foi tudo bem!

Festa de criança: um menu PARA criança!

Pois é. Artur fez um ano. Voou... Nem sei explicar ou resumir como foi esse primeiro ano! Amor que dói, de tanto, e uma loucura caótica que causa um cansaço surreal - que se dissipa num sorriso, num abraço...

Resolvemos fazer festa para celebrar esse primeiro ano tão especial. Mas não queríamos uma festa convencional, em buffet, cheia de salgados frios, hot dog e outras coisas pouco (ou nada!) saudáveis. Mas também algumas coisas não podiam ficar de fora, como os doces.

Então, optamos por encomendar sanduíches de metro, fazer um bolo gostoso e doces clássicos. Mas... o Artur não come, nunca comeu e não comerá açúcar até 2 anos de idade. Pensando nele e nas outras crias pequenas da festa, criamos um Menu Kids.

MENU KIDS

1. Biscoito de polvilho
É uma opção leve e relativamente saudável. Os alérgicos a leite/lactose têm que ler a embalagem pois muitos biscoitos levam soro de leite na fórmula.

2. Biscoito de arroz integral (Camil)
Basicamente, é arroz integral cozido, prensado. É um biscoito bem básico, que levo sempre na mochila pro Artur caso a gente pegue trânsito, atrase uma refeição, enfim. Tem sal, então é pra consumir com parcimônia.

3. Biscoito de tapioca com chia
Biscoito sem leite, sem sal, sem açúcar. Artur adora!

*Nos tags eu marquei os ingredientes, para o caso de alguma criança ser alérgica a proteína do leite de vaca, por exemplo.



4. Frutas picadas
Fizemos potinhos com frutas picadinhas e optamos por opções que não ficam escuras depois de cortar: manga e melancia. Há pediatras que só liberam o kiwi e o morango após 1 ano, pois há risco de alergia, fique atento.

5. Muffins de banana
São muffins integrais, sem açúcar e sem leite. A receita está neste post aqui.
Assamos em forminhas de papel, para ficar fácil de colocar na mesa e de comer.

Outras ideias:
- Pão sírio com hummus (pasta de grão-de-bico)
- Pãozinho de mandioquinha
- Frutas in natura: banana ouro ou prata
- Milho em espiga ou grãos
- Mini cenoura (cozida ou crua)

Que mais?! 

Bebidas
NÃO teve refri. Não. E ponto. Oferecemos água, com e sem gás, sucos de laranja, tangerina e uva. Claro que seria o mundo perfeito ter oferecido suco natural, feito na hora, mas não tivemos ajuda e optamos pelas caixinhas mesmo. Águas aromatizadas também são uma ideia. Sinceramente, não sei se alguém se incomodou - mas festa de criança não tem porque ter bebidas super-ultra-calóricas sem valor nutricional, nem alcoólicos.

Mesa do bolo

Sim, teve bolo (amêndoas, brigadeiro e creme branco), brigadeiro, beijinho, docinho de abacaxi com coco e quadradinhos de chocolate branco com mousse de maracujá e também com geleia sem açúcar de mirtilo (blue berry). Os pais que liberam doces, liberam, uai. E não vejo problema algum em comer um ou dois doces, uma fatia de bolo. Mas deixamos muito clara a nossa opção (e temos embasamento do pediatra e da nutricionista) que para o Artur doces não estão liberados ainda. E foi tudo bem!

Festa de criança: um menu PARA criança!

Pois é. Artur fez um ano. Voou... Nem sei explicar ou resumir como foi esse primeiro ano! Amor que dói, de tanto, e uma loucura caótica que causa um cansaço surreal - que se dissipa num sorriso, num abraço...

Resolvemos fazer festa para celebrar esse primeiro ano tão especial. Mas não queríamos uma festa convencional, em buffet, cheia de salgados frios, hot dog e outras coisas pouco (ou nada!) saudáveis. Mas também algumas coisas não podiam ficar de fora, como os doces.

Então, optamos por encomendar sanduíches de metro, fazer um bolo gostoso e doces clássicos. Mas... o Artur não come, nunca comeu e não comerá açúcar até 2 anos de idade. Pensando nele e nas outras crias pequenas da festa, criamos um Menu Kids.

MENU KIDS

1. Biscoito de polvilho
É uma opção leve e relativamente saudável. Os alérgicos a leite/lactose têm que ler a embalagem pois muitos biscoitos levam soro de leite na fórmula.

2. Biscoito de arroz integral (Camil)
Basicamente, é arroz integral cozido, prensado. É um biscoito bem básico, que levo sempre na mochila pro Artur caso a gente pegue trânsito, atrase uma refeição, enfim. Tem sal, então é pra consumir com parcimônia.

3. Biscoito de tapioca com chia
Biscoito sem leite, sem sal, sem açúcar. Artur adora!

*Nos tags eu marquei os ingredientes, para o caso de alguma criança ser alérgica a proteína do leite de vaca, por exemplo.



4. Frutas picadas
Fizemos potinhos com frutas picadinhas e optamos por opções que não ficam escuras depois de cortar: manga e melancia. Há pediatras que só liberam o kiwi após 1 ano, pois há risco de alergia!

5. Muffins de banana
São muffins integrais, sem açúcar e sem leite. A receita está neste post aqui.
Assamos em forminhas de papel, para ficar fácil de colocar na mesa e de comer.

Outras ideias:
- Pão sírio com hummus (pasta de grão-de-bico)
- Pãozinho de mandioquinha
- Frutas in natura: banana ouro ou prata
- Milho em espiga ou grãos
- Mini cenoura (cozida ou crua)

Que mais?! 

Bebidas
NÃO teve refri. Não. E ponto. Oferecemos água, com e sem gás, sucos de laranja, tangerina e uva. Claro que seria o mundo perfeito ter oferecido suco natural, feito na hora, mas não tivemos ajuda e optamos pelas caixinhas mesmo. Águas aromatizadas também são uma ideia. Sinceramente, não sei se alguém se incomodou - mas festa de criança não tem porque ter bebidas super-ultra-calóricas sem valor nutricional, nem alcoólicos.

Mesa do bolo

Sim, teve bolo (amêndoas, brigadeiro e creme branco), brigadeiro, beijinho, docinho de abacaxi com coco e quadradinhos de chocolate branco com mousse de maracujá e também com geleia sem açúcar de mirtilo (blue berry). Os pais que liberam doces, liberam, uai. E não vejo problema algum em comer um ou dois doces, uma fatia de bolo. Mas deixamos muito clara a nossa opção (e temos embasamento do pediatra e da nutricionista) que para o Artur doces não estão liberados ainda. E foi tudo bem!

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Filme: Pegando fogo | Burnt


O filme Pegando Fogo (Burnt) foi a super estreia desse sábado e tá no Telecine/Now para assinantes Net. Eu tinha assistido meses atrás com o baby Artur, numa sessão Cinematerna!

Basicamente, é a história do chef Adam Jones (Bradley Cooper), que já foi dos mais respeitados em Paris, mas deixa a fama subir à cabeça, o que leva sua carreira ladeira abaixo. Então, ele muda para Londres e decide começar de novo, de olho em conquistar três estrelas Michelin.

Tem romance, drama, briga, obsessão. O que eu gosto mesmo é de ver as cozinhas e quase sentir os aromas pela tela. Cada prato! O filme teve consultoria dos chefs Mario Batali, Marcus Wareing, Marco Pierre White e Gordon Ramsay (Adam Jones teria sido inspirado nele). 


segunda-feira, 11 de julho de 2016

Le Creuset com desconto

Vai que você guardou uma grana de olho numa promoção esperta? Chegou sua hora: panelas e acessórios Le Creuset da linha amarelo Dijon estão com 30% de desconto, no site e nas lojas físicas.



Basta clicar aqui e ver os produtos participantes - só até dia 31/07. Corre!



quinta-feira, 12 de maio de 2016

Aniversário do Eataly


Vai ter até bolo! O Eataly, paraíso gastronômico, vai comemorar 1 ano de abertura em São Paulo no próximo dia 19 de maio.

Durante todo o mês os clientes encontrarão ofertas de produtos, cardápios especiais nos restaurantes e uma ação de Nutella chamada "pimp my crepe" - os clientes vão criar crepes com Nutella e as melhores receitas vão ganhar prêmios. 

No dia 19, às 14h, terá parabéns com bolo e espumante para todos os clientes.

Av. Juscelino Kubistchek, 1489 

Produtos estão com preços especiais no mês de maio

terça-feira, 19 de abril de 2016

Restaurant Week: até 1º de maio!

Mais uma edição da Restaurant Week já está rolando em SP. No geral, o evento foi perdendo popularidade porque os restaurantes bacanas, que todo mundo queria aproveitar o evento para ir conhecer, entregavam um menu 'meia-boca', que não representava a cozinha da casa. Muita decepção pelos R$ 40 e poucos.

Mas... Esse ano fui ao Marcel (sem nem saber que estava rolando RW) e tive uma grata surpresa! Menu delicioso, com o excelente suflê da casa com opção de principal. Ovo mollet com creme de espinafre de entrada, suflê de gruyère e profiteroles de sobremesa. R$42,90 no almoço, bebidas e serviço à parte!





Confira aqui no site a lista de todos os restaurantes participantes. 

Ah, também tá rolando Restaurant Week no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Campinas e Ribeirão Preto - até 01/maio.

terça-feira, 5 de abril de 2016

Pátio Gourmet: 2ª edição

O Shopping Pátio Higienópolis realiza a 2ª edição do Pátio Gourmet neste fim de semana, dias 9 e 10 de abril. Comidinhas, food bikes e trucks e restaurantes estrelados estão no programa.


Sábado e domingo, das 12h às 21h, o Shopping reunirá um cardápio com pratos inéditos e várias outras atrações gastronômicas da cidade. O “Pátio Gourmet Higienópolis” funcionará no Boulevard – piso Pacaembu.

O acesso ao Pátio Gourmet é gratuito e os preços dos comes & bebes variam conforme cada expositor – aproximadamente entre R$ 6 e R$ 20. Entre os confirmados estão Forneria San Paolo, Sonheria Dulca, Los Mendozitos, Tasty, Saj, Japengo, Modi, Le Manjue Organique, D´Macarons, Real Burger e Pirajá.

Avenida Higienópolis, 618

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Feliz Natal!

O sumiço aqui no Menu é por um motivo nobre: foi um ano corrido, cheio de emoções e a chegada do meu baby Artur. 2016 há de trazer mais intervalos para escrever aqui, que gosto tanto.

Boas festas, que o Natal seja cheio de amor!

Árvore de chocolate - Chocolat du Jour

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Receita nova é aquela que você nunca provou

Tenho lembranças muito antigas do ato de cozinhar e/ou acompanhar minha mãe, minha avó, no preparo de alimentos e refeições. Lembro do sabor da maçã raspadinha do lanche da tarde, do perfume de bolinhos de chuva, de abrir a massa dos biscoitos nas férias.

Cozinhar para mim sempre foi muito mais que o ato de preparar algo para comer. O ato em si é tão cheio de significados. E, óbvio, eu adoro comer. Provar. Testar.

Aos poucos, me percebi cada vez mais ligada à cozinha. Com sete anos, escolhi o livro de receitas da Magali na banca de jornal e cozinhei várias - quando não, ficava 'planejando' eventos, pensando em cardápios para quando viesse uma amiga, quando fizesse um picnic, quando fosse aniversário da boneca. Muitas receitas jamais saíram daquelas páginas, mas o livro segue na minha prateleira de receitas até hoje.

Mais velha, morando sozinha, cozinhar era mais que prazer, era também necessidade. E isso só fez aumentar o prazer - ao contrário do que muitos dizem, cozinhar por "obrigação" me inspirava a buscar alternativas e novidades quase que diariamente. O menu da casa dos meus pais não era mais o meu menu; eu comecei a ter os clássicos da casa da Carol e isso já me alimentava de um jeito tão profundo! O bolo de chocolate da Carol, a torta de cebola da Carol, as panquecas, o risoto, o mousse...

Cozinhar me ensinou muitas coisas além dos sabores e temperos. E hoje, lendo o texto A cozinha como treino pra vida, publicado no Papo de Homem, me dei conta de como evoluí como pessoa e profissional cozinhando, como cozinhar influi diretamente nos outros todos aspectos da minha vida.

Ansiosa que sou, cozinhar me ajuda a desacelerar. A parar. E aí cortar, lavar, picar, separar, pesar, escolher, medir, refogar, assar, virar, fatiar, esperar. Cozinhar é uma ação, não um fim. E que demanda espera. Paciência. Coisa que só não me falta quando estou à frente do combo bancada-pia-forno&fogão.

Quando me sinto irritada, sem foco, cansada, a saída é bater um bolo. Alguns saem pra correr, outros para beber, outros vão dormir, eu tenho vontade de assar um bolo bem perfumado. Me renova.

Mas também percebi que meu estado de espírito reflete diretamente no resultado do que sai das panelas e formas. E aí, mais um aprendizado: me frustro (também e até) fazendo o que mais gosto da vida. E quando isso acontece, é porque 'bater um bolo' não resolve, é preciso ir mais além e olhar mais fundo.

Grávida, me percebi distraída, porém calma. Isso atrapalhou algumas receitas mas, pela calma, eu notava e corrigia. Antes de por a massa na assadeira, checava os ingredientes e mais de uma vez só não esqueci o fermento por ter feito o checklist. Mas quando a gravidez avançou e me percebi com medo, tensa, irritada e ansiosa, preocupada demais com o futuro, com a pergunta "como será?" martelando sem parar, cheia de questões e dúvidas, correr fugida para a cozinha não resolveu... Esqueci de temperar a carne e o polpetone ficou sem sabor. Coloquei só metade da quantidade de farinha e o muffin não só vazou como ficou com cara de pudim e sem maciez. Cortei um dedo, esqueci o shoyu, derramei calda, pulei etapas. E isso me fez sair da cozinha tão frustrada!

Como no texto do Alberto, eu aprendi a me planejar e a esperar. Mas aprendi também a maior das lições da cozinha: quando se testa uma receita nova, não se sabe o que vai encontrar. Um mistério. Resta seguir os passos propostos, esperar o tempo e então provar. Talvez tentar de novo, adaptando isso ou aquilo. Quando dá certo, entra no caderno - se não der, outras tantas estão aí. Outros jeitos, outros molhos e caldas, outros temperos.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Acessórios UAU para batedeira KitchenAid

Eu sou muito fã da KitchenAid e sempre desejei ter uma - até que viajei para Nova York para estudar e consegui comprar a minha, meu xodó. Agora a marca surpreende de novo e apresenta esses incríveis novos acessórios para massa:

Para massa de lasanha, com oito espessuras - R$529*

Ravioli maker - você põe massa dos dois lados, o recheio em cima e a massa sai pronta, selada. R$1099*
Como tudo aqui no Brasa, dureza são os preços! Mas vai que você tem viagem marcada? E também, sonhar não custa...

*Preços sugeridos.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Água x alimento

Já parou para pensar que para cada alimento ser produzido é necessário água?



Enquanto isso...


Eu não sou vegetariana. Mas vale a reflexão. Ninguém precisa comer carne TODO dia. Faça escolhas conscientes, faça trocas bem pensadas. A campanha #meatfreemonday ou #segundasemcarne propõe isso: tente ser vegetariano 1 vez na semana. Conheça: www.segundasemcarne.com.br.

Fonte: Update or die.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Os Minions vão dominar o mundo

Semana passada entrou em cartaz o filme "Minions". As simpáticas criaturas amarelas, ajudantes do Gru no filme Meu Malvado Favorito, tornam-se protagonistas nesse longa. To super curiosa para assistir, claro. E o McDonald aproveitou a onda e lançou batatas tipo "smiles" no formato dos amarelinhos...

Mas o que chamou ainda mais minha atenção foi um anúncio do cinema Kinoplex de um combo: pipoca, refri + gelatina Fini 90g. Quando vi a foto... Fini Minions? Bala de gelatina? Jelly "bears" de Minions?

É. É isso mesmo! A assessoria da marca confirmou que as balinhas estão disponíveis nos kits dos cinemas (parece que no Cinemark também tem) e que a novidade é parte dos lançamentos 2015: já estão nas lojas Americanas e chegarão aos supermercados em breve. Pelas imagens, tem embalagem 90g e também de 500g.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Café da manhã especial

Até o dia 16 de agosto rola em São Paulo e no Rio de Janeiro o Morning Experience by Nespresso - no link você confere os lugares e as fotos dos 'combos', que levam sempre uma bebida feita com café Nespresso, e custam R$ 30 cada.


Beira Mar - RJ

Le Vin - SP

Marie Madeleine - SP